Poeira e Porteira um diálogo com as incertezas do caminho

Este ensaio é resultado de 60 dias de “andança” pelas estradas de chão de Minas Gerais, abrindo porteira e vendo a poeira baixar ao longe. O projeto Poeira e Porteira proporcionou a oportunidade de descobrir minhas origens culturais, escondidas por trás dos muitos morros das gerais. Aprender a cultivar no coração a hospitalidade que só…

Na Marimbonda habitam as memórias que impulsionam este projeto

A fotografia é a escrita que me escolheu. Busco nas minhas imagens descrever um pouco de mim, de minhas memórias e do que estou aprendendo com aquele momento. Assim, o outro, o seu cotidiano, seus problemas, suas alegrias e tristezas, são histórias que instigam minhas memórias e atuam como matéria prima fértil do meu fazer…